Marco António Costa
Marco António Costa - Facebook  Marco António Costa - Youtube
NEWSLETTER
 
Bookmark and Share
10.04.2015

Marco António Costa diz que PSD no Governo trouxe IRS amigo das famílias

Marco António Costa disse hoje que o PSD no Governo “trouxe um IRS amigo das famílias” ao favorecer quem tem dependentes a cargo e ao devolver às famílias o acréscimo de receita do combate à evasão fiscal.

Marco António Costa falava na abertura da VIII “Universidade Europa”, organizada pelo PSD na Curia, que contou com a presença ao jantar de Passos Coelho, que não proferiu nenhuma intervenção pública.

O tema da família e das políticas de natalidade foi central na intervenção do vice-presidente do PSD, que salientou o “trabalho importante” já feito em 2015 no plano fiscal.

“Podemos afirmar que o Governo do PSD trouxe um IRS amigo das famílias, favorecendo as que têm dependentes a cargo e mesmo quando propôs que em resultado do combate à evasão, seja possível no acerto de contas em 2016, repor parte da sobretaxa do IRS”, disse.

Marco António Costa lembrou que o próprio primeiro-ministro já havia admitido que “se o Estado conseguisse cobrar mais impostos com o combate à evasão fiscal, não iria servir para aumentar a despesa do estado, mas para devolver aos portugueses”.

“Estamos a fazer o caminho de normalização da vida nacional”, comentou, revelando que, “removido o tempo de emergência financeira”, o partido vai propor que “sejam repostos gradualmente na próxima legislatura os 4.º e 5.º escalão de abono de família, que foi o PS que acabou”.

O vice-presidente do PSD reforçou a ideia de que o PSD é o partido das famílias, tendo sido o seu líder a trazer para o debate político o problema do desequilíbrio demográfico e que tem propostas concretas para contrariar a baixa natalidade.

“O parlamento conheceu hoje pelo PSD um conjunto de propostas revolucionárias para o futuro do país, muitas sobre a forma de projeto de lei, que materializam soluções”, disse.

Tornar possível universalidade pré-escolar para crianças a partir dos quatro anos, criar um regime de jornada a meio tempo para funcionários públicos que queiram ficar com os filhos ou netos, com uma redução salarial de apenas 40%, são algumas das propostas.

Marco António Costa referiu também a recomendação ao Governo para estudar medidas ativas para a transformação de contratos a prazo em contratos sem prazo, com incentivos a mulheres em idade fértil, bem como a criação de uma rede de amas e Instituições Particulares de Segurança Social (IPSS) que possam oferecer horários diferenciados e mais flexíveis.

 

« Retroceder | Imprimir | Topo da página

Marco António Costa na Tomada de Posse da nova Comissão Política do PSD de Vila Franca de Xira



Marco António Costas nas Conferências do PSD "Portugal no Rumo Certo - OE 2014"



«OUTUBRO 2017»
DSTQQSS
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
FAQS     PRIVACIDADE     RECOMENDAR SITE     LINKS     SUGESTÕES Powered by 4best 4best New Media Studio Marco António Costa © todos os direitos reservados.