Marco António Costa
Marco António Costa - Facebook  Marco António Costa - Youtube
NEWSLETTER
 
Bookmark and Share
27.07.2012

Governo prepara "revolução" para crianças

Porto, 27 jul (Lusa) - O secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, Marco António Costa, anunciou hoje estar a preparar "uma revolução" no apoio ao estudo acompanhado das crianças institucionalizadas, nomeadamente através do acesso a meios multimédia.

"Relativamente às crianças sem família, colocadas em instituições à guarda do Estado, o Governo está a preparar uma revolução. Estamos a trabalhar, com o ministério da Educação, na preparação do Projeto Casa. As crianças em lares de infância e juventude e centros de acolhimento temporário vão ter acesso a meios multimédia e a mais 300 profissionais a acompanhar o seu estudo", revelou hoje, em Gaia, Marco António Costa.

Entre as "várias componentes" do Projeto Casa "está o apoio ao estudo acompanhado, através da disponibilização de meios educativos complementares para que crianças possam ter as mesmas condições para puderem ter sucesso", descreveu o secretário de Estado, alertando que entre estes jovens a taxa de insucesso escolar "é próxima dos 50 por cento".

"Vamos disponibilizar meios informáticos e conteúdos multimédia. A Porto Editora disponibilizará gratuitamente esses conteúdos numa lógica de mecenato", afirmou, adiantando que o projeto será apresentado em setembro e terá "outras vertentes" de apoio ao estudo em meios carenciados.

Marco António Costa referiu ainda ter assinado "recentemente" um despacho de criação do programa Ser Mais, com vista a "criar um nível de estabilidade permanente no apoio psicossocial a jovens institucionalizados".

O secretário de Estado anunciou ainda a criação de "mais 23 turmas PIEF [Programa Integrado de Educação e Formação]" a nível nacional.

"A proposta apresentada ao Ministério da Educação, é criar condições para, este ano, termos mais 23 turmas PIEF, que garantem um acompanhamento diferente e inclusivo dos jovens no programa educativo, direcionando-os para uma lógica educativa diferenciada que combata o abandono escolar e desmobilização desses jovens na sua formação", descreveu.

Na assinatura de um protocolo para a entrega gratuita de manuais escolares a crianças do primeiro ciclo do ensino básico de Gaia, o presidente da autarquia, Luís Filipe Menezes, deixou um apelo sério ao Governo.

"Que seja este Governo a acabar com o martírio dos jovens usados nas Atividades Extra-Curriculares [AEC]. Mais vale acabar com as AEC, se não se acabar com o trabalho escravo dos professores", frisou Menezes.

Questionado sobre se levará o recado para Lisboa, Marco António Costa referiu ter ficado "claro que o Governo tem, relativamente às condições de trabalho, uma lógica de querer mudar essa realidade".

"A postura do primeiro-ministro a propósito dos enfermeiros é suficientemente clarificadora", frisou, observando que toma nota de "tudo o que houve, em qualquer lugar", interagindo depois "com os colegas do Governo no sentido de resolver" os problemas.

Quanto a uma eventual candidatura à Câmara de Gaia, Marco António Costa respondeu sustentando que não o podem "impedir de dormir em Gaia", onde reside, ou de, "na qualidade de secretário de Estado", fazer o seu trabalho.

"Ontem estive em Faro, hoje já tive duas reuniões no Porto, à tarde estarei em Braga. Amanhã em Aveiro e no domingo em Viseu. Um dia destes ainda me castigam por trabalhar ao fim de semana", ironizou

« Retroceder | Imprimir | Topo da página

Marco António Costa na Tomada de Posse da nova Comissão Política do PSD de Vila Franca de Xira



Marco António Costas nas Conferências do PSD "Portugal no Rumo Certo - OE 2014"



«DEZEMBRO 2020»
DSTQQSS
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031
FAQS     PRIVACIDADE     RECOMENDAR SITE     LINKS     SUGESTÕES Powered by 4best 4best New Media Studio Marco António Costa © todos os direitos reservados.